Exportação de produtos madeireiros se mantém estável por três meses consecutivos

Blog WoodFlow Exportação de produtos madeireiros se mantém estável por três meses consecutivos

09 de maio de 2024

Exportação de produtos madeireiros se mantém estável por três meses consecutivos

Em abril, o volume de exportações de produtos madeireiros teve uma pequena variação positiva de 6% frente a março; em preços a valorização foi de 5% com relação ao mês anterior. Contudo, ao analisar o ano de 2024, os volumes e preços das exportações se mantiveram estáveis desde fevereiro. Os dados são do portal ComexStat, divulgados nesta quarta-feira, 8 de maio. 

Na comparação com abril de 2023, os produtos monitorados pela WoodFlow, apresentaram uma queda de 21% nos volumes exportados e de 11% nos preços praticados.

Para o CEO da WoodFlow, Gustavo Milazzo, essa pequena variação nos volumes exportados entre fevereiro e abril se dá, principalmente, pelos entraves logísticos que o Brasil, sobretudo nos portos do Sul, vem enfrentando. "Temos relatos que as indústrias estão com os estoques altos, esperando agenda de navios para poder exportar, porém, com a baixa capacidade de operação, principalmente nos portos de Santa Catarina e Paraná, os produtos madeireiros estão represados no país", apontou. Gustavo ainda acrescenta que as chuvas que assolam o Rio Grande do Sul também podem ser um limitador das exportações, sobretudo de produtos industrializados, como móveis.


Fonte: WoodFlow com dados ComexStat


Produtos

Mês passado, o principal produto exportado foi Madeira Serrada de Coníferas, com 39% do total do volume. Em segundo lugar figura Compensado de Coníferas (35%), seguido por Madeira em Tora de Folhosas (21%).

Fonte: WoodFlow com dados ComexStat

Os preços praticados se mantiveram estáveis, conforme análise anterior. O principal montante pago foi para Compensado de Coníferas (68,1 mi USD), seguido por Madeira Serrada de Coníferas (49 mi USD).

Fonte: WoodFlow com dados ComexStat


Compartilhe:

Posts Relacionados

O impacto das restrições no frete marítimo

05 de junho de 2024

O impacto das restrições no frete marítimo
Leia +
Dólar sobe 1,09% em maio e fecha mês a R$5,249

05 de junho de 2024

Dólar sobe 1,09% em maio e fecha mês a R$5,249
Leia +
WoodFlow já viabilizou mais de 900 processos de exportação de madeira

22 de maio de 2024

WoodFlow já viabilizou mais de 900 processos de exportação de madeira
Leia +

Newsletter

Receba conteúdo exclusivo sobre o mercado de madeira que só compartilhamos com nossos assinantes.